Faça do condomínio um espaço acessível a todos

17 de Maio de 2018

Além de uma questão de cidadania e respeito ao próximo, o direito de ir e vir é uma garantia prevista na Constituição. Portanto, confira algumas dicas para tornar as unidades mais acessíveis e seguras.

Uma delas é a instalação de rampa de acesso para facilitar a passagem das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. “É preciso dar autonomia para que esse público circule nas dependências do prédio com tranquilidade. Isso inclui a entrada da unidade e áreas comuns”, diz o assessor contábil e jurídico da Cecad Administração Condominial, Claudionor Brandão.

Segundo ele a rampa deve seguir as orientações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) com a inclinação adequada, que permita a pessoa subir ou descer sem depender de terceiros. “Em alguns casos, há de se estudar a plataforma elevatória. Vai depender da estrutura do edifício”.

O piso podotátil na calçada e em alguns locais do prédio é outra orientação, principalmente, próximos às áreas molhadas, como a piscina e área da churrasqueira. “O piso podotátil auxilia os moradores cegos e com baixa visão a se locomover sem risco”, enfatiza o vice-presidente do Sindicato Patronal de Condomínios (Sipces), Gedaias Freire da Costa.

Gedaias destaca que os elevadores merecem atenção. A altura dos botões deve ser entre 80 centímetros e 1,20 centímetros com comunicação em braile e sinalização dos números de andares. Um interfone deve estar disponível para acionamento no elevador, em caso de emergência.

As portas devem ter largura de 90 cm, em média, suficiente para a passagem de uma cadeira de rodas. E deve incluir os banheiros, tanto dentro da unidade e áreas comuns, afirma a gerente geral da Administradora Condominius, Suely furtado. “É preciso se atentar a esse detalhe, pois, normalmente, as portas dos banheiros são menores das demais. Outro cuidado é com relação à altura da maçaneta e alavanca, que precisa ser de fácil manuseio”, diz.

Ela destaca que as barras de ferro dentro do banheiro são fundamentais para garantir a segurança desses moradores.

Os especialistas orientam ainda reservar vagas de estacionamento próxima à unidade e ao acesso do elevador.

Reportagem jornal A Gazeta

Facebook Comments
Voltar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: