Condomínio: saiba se terceirizar os serviços vale a pena

7 de julho de 2016

Reportagem Paula Gama, jornal A Gazeta 07 de julho de 2016

Por trás do bom funcionamento de um condomínio há sempre o trabalho de diversos profissionais. Para evitar a criação de um departamento pessoal, é comum que a gestão terceirize serviços como limpeza, vigilância, portaria e manutenção. A alternativa tem vantagens,mas requer cuidados na contratação.

A terceirização de funcionários, por exemplo, é muito comum. “Ao contratar uma empresa para fornecer o serviço necessário, o condomínio não tem nenhuma tarefa relacionada a departamento pessoal. Ou seja, não precisa se preocupar com faltas, doenças e substituição do empregado. Tudo isso fica por contada terceirizada”, explica Gedaias Freire da Costa, vice-presidente do Sindicato Patronal de Condomínios e Empresas de Administração de Condomínios (Sipces).

Quando colocado na ponta do lápis, o custo de contratar uma empresa terceirizada é maior do que o de recrutar seus próprios funcionários,porém, o condomínio não precisa ter reservas para pagamento de férias e possíveis demissões. Ainda assim, a gestão precisa da certeza de que os direitos estão sendo garantidos.

Para o dono da Cecad Administração Condominial, Claudionor Brandão, terceirizar vale a pena e poupa muitas dores de cabeça. No entanto, é preciso escolher uma fornecedora de mão de obra idônea e desconfiar de preços muito baixos.

Facebook Comments
Voltar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: