Dá para ser amigo dos animais e dos vizinhos

17 de setembro de 2015

Reportagem: jornal A Gazeta

Os animais de estimação são membros da família para seus donos. É inegável o apego e o carinho que eles recebem e dão. No entanto, não é todo mundo que gosta ou pode conviver com os bichinhos. É por isso que quem mora em condomínios deve seguir algumas regras de boa convivência para que seu amigo não se torne o incômodo de ninguém.

O presidente do Sindicado Patronal de Condomínios (Sipces), Cyro Bach Monteiro, diz que algumas atitudes simples podem evitar grandes transtornos.

“A dica é não deixar o animal incomodar os outros. As maiores reclamações são de barulhos, então, o dono do bichinho pode entender a razão dos sons emitidos por eles e tentar evitá-la. Não deixá-los na varanda é uma boa maneira de evitar conflitos”.

Para não dar motivos para os menos simpatizantes de animais reclamarem, quem possui bichos de estimação deve evitar o contato deles com
os vizinhos. “A regra já é usar apenas o elevador de serviço, mas o morador pode ceder a vez quando estiver com seu cachorro, por exemplo. Isso faz com que apessoa que tem medo se sinta mais tranquila. Na hora de transitar pelas áreas comuns, é necessário carregar o bichinho no colo ou usar focinheira”, orienta Juliana Monteiro Mendes, gerente administrativa da M&M Gestão Condominial.

Outra reclamação frequente nos condomínios é a respeito da higiene. Por isso, o dono precisa estar sempre atento ao odor do animal.

A Gazeta 17 de Setembro de 2015

Facebook Comments
Voltar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: