Projeto Condomínio Monitorado avança em Jardim Camburi

5 de junho de 2019

A 12ª CIA da Polícia Militar implantou, em novembro de 2018, o projeto CONDOMÍNIO MONITORADO, em Jardim Camburi, e conta atualmente com 200 condomínios cadastrados.

Na noite de ontem, o SIPCES esteve presente na reunião realizada no Auditório do Colégio Salesiano para conhecer melhor este projeto e divulgar para a categoria, visando ampliar a conscientização quanto as normas de segurança e contribuição de cada síndico e morador, assim, atender o foco do projeto: AMPLIAR O MONITORAMENTO COM OS OLHOS DA COMUNIDADE.

Nas explanações do Major Alves Christ e do Sargento Arley, ficou claro que o projeto visa aproximar, confiar e interagir, comunidade e Polícia Militar. Para sucesso desta ação é preciso conhecer o vizinho, trabalhar em rede, em parceria com a PM e participar dos grupos de WhatsApp.

CONDOMÍNIO MONITORADO não é Polícia Militar monitorando o condomínio, ao contrário, é o condomínio com uso de câmeras, alarmes e interação com a PM, compartilhar informações, avisar ocorrências, encaminhar fotos, etc., permitindo atuação mais rápida e eficaz por parte das forças de segurança pública.

O projeto atinge aproximadamente 8 mil unidades ou 20 mil moradores no bairro Jardim Camburi, englobados em condomínios e comércios monitorados. Os indicadores produzidos pela PM são disponibilizados mensalmente aos participantes via WhatsApp ou em reuniões presenciais para discutir melhorias no projeto e sua atuação.

Os participantes tem acesso direto aos integrantes da 12° CIA (Major e Sargento), bem como, ao telefone direto, para relatar ocorrências e solicitar providências.

Importante ressaltar que zelar pela segurança é obrigação de todos, logo, envolver síndicos e moradores no compartilhamento de informações é essencial, além de cumprirem com as normas internas de segurança, especialmente, certificar que os portões estão fechados ao sair e entrar nos condomínios.

Facebook Comments
Voltar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: