Seguro de Riscos de Engenharia.

17 de Março de 2017

Provavelmente a maioria das pessoas que você conhece possui seguro, pelo menos do carro e o de saúde, incluindo você. Certamente o condomínio em que você mora ou trabalha possui seguro contra incêndio, que é obrigatório pelo Código Civil.

Até aí tudo normal, pois esses são os seguros mais lembrados e procurados. Mas o que poucos se atentam é para a contratação de um seguro específico para quando o seu prédio passa por obras ou reformas, o chamado Seguro
de Riscos de Engenharia.

Realizar uma obra ou uma reforma como a troca das pastilhas externas de uma fachada, por exemplo, não é tão simples quanto você possa imaginar. A obra exige cuidados e é bom que o seu prédio conte com esse seguro específico para que os condôminos não arquem com eventuais prejuízos e o síndico não seja responsabilizado e penalizado caso aconteça algum acidente.

Isso pode acontecer porque a maioria das seguradoras suspendem as coberturas da apólice incêndio do condomínio, quando o mesmo passa por obras e/ou reformas. Outras admitem pequenos trabalhos de reparos no prédio, destinados à manutenção/reparos no imóvel, cujo valor não exceda a 1% (um por cento) do limite de indenização da cobertura básica contratada, respeitado, em alguns casos, ao limite de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais). Mas isso não é regra, e o SIPCES recomenda que você verifique a sua apólice de seguro e faça a contratação do Seguro de Risco de Engenharia.

“Esse é o seguro que traz proteção contra danos corporais ou materiais causados, inclusive, a terceiros durante uma construção civil ou na instalação e montagem de equipamentos. A cobertura é extensa e precisa ser bem analisada. Os síndicos e administradoras precisam estar atentos para que o condomínio não fique no prejuízo e nem traga complicações para o síndico. A responsabilidade é muito grande”, orienta Ulisses Barcellos de Almeida Junior, gerente comercial de benefícios e soluções corporativas de entidades sindicais.

Com vasta experiência no mercado de seguros, Ulisses Barcelos reforça a necessidade do serviço e diz que qualquer obra civil é passível de contratação de seguro, seja a simples reforma de uma casa ou uma grande obra de infraestrutura, e que o valor de cobertura dos seguros vai variar de acordo com os riscos que a obra apresenta.

O mercado oferece uma boa variedade e você deve ficar atento ao contratar o Seguro de Riscos de Engenharia. Com esse seguro você não tem apenas as coberturas básicas, e o seu imóvel pode estar protegido contra imprevistos adicionais, que comprometem o bom andamento da reforma/obra, além de indenização por danos causados por tumultos ou greves, despesas com a retirada de entulhos do local e danos causados ao prédio, apartamentos ou escritórios em função de incêndios ocorridos após a entrega da obra. Pesquise as opções existentes no mercado e não deixe o seu patrimônio desprotegido.

Facebook Comments
Voltar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: