TELHADO OU TERRAÇO. A ordem é manutenção.

22 de junho de 2016

O mês de março passou e a chuva não veio para fechar o verão. Por maior que seja a necessidade que todos nós temos que as águas caíam, muitos estão dando sorte com a falta de chuva, comum nesse período em outros tempos. A­final, a manutenção do telhado ou do terraço do seu condomínio está em dia?

Os problemas que podem ocorrer no condomínio em casos de omissão ou falha na manutenção do telhado encontram na infi­ltração o seu parceiro predileto, que pode causar sérios danos à estrutura do prédio e à área interna das unidades residenciais ou comerciais, e essa dor de cabeça não está limitada a quem ocupa apenas o último andar do prédio.

Infi­ltração é o problema mais comum, nem sempre causado por uma simples telha quebrada ou em falta. O local, nesse caso o telhado, geralmente possui vários elementos importantes e fundamentais para o bom funcionamento de qualquer prédio, como antena coletiva, para-raios e caixa d’água. Isso faz com que o local seja frequentado para visitas de instalação, manutenção ou reparos.

PREVENÇÃO

A melhor forma que o síndico tem de evitar estragos e maiores contratempos é verifi­car, atenta e periodicamente, as condições do telhado, o sistema de impermeabilização das calhas, se os rufos estão adequadamente afi­xados e os ralos, que devem estar completamente desobstruídos.

Após algum serviço ter sido executado no local como instalação ou manutenção de antena de TV, ancoragem para pintura ou revisão de para-raio, deve ser feita uma vistoria, não só para identifi­car se houve estrago e quem causou, mas para resolver de imediato quando há algum dano. Essa é uma das razões pela qual o acesso a esse local deve ser restrito e controlado.

A manutenção desses espaços não é complicada, os cuidados que precisam ser tomados é em relação a quem executa tais serviços. Lavar periodicamente as calhas é uma solução importante, pois ­fica depositado nessas poeiras que vem através dos ventos, lixo inclusive, sacolas plásticas e outros materiais e objetos. A aplicação de emulsão asfáltica nas calhas é uma solução importante e evita muito problemas.

Enquanto alguns defendem uma vistoria anual, o SIPCES aconselha que essa vistoria seja feita periodicamente, sempre observando o ambiente onde está localizado o edifício.

Facebook Comments
Voltar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: