PONTO DE VISTA – Com a participação de condôminos, empregados e fornecedores

27 de Abril de 2015

Há 10 anos na função de síndico do edifício Pietro Spinelli, no bairro Praia da Costa, em Vila Velha, o aposentado Yoshiaki Komo garante que o planejamento e a participação dos condôminos e empregados do condomínio são fundamentais para a concretização dos bons resultados alcançados ao longo desse período.

São mais de 40 apartamentos distribuídos em 14 andares e área de lazer completa, onde o Sr. Komo tem a colaboração de um subsíndico e outros seis empregados do condomínio, para deixar tudo em ordem.

O resultado de tamanho empenho e organização administrativa é que durante todo esse tempo nunca foi feita sequer uma cobrança de cota extra.

InfoSIPCES – O SENHOR ESTÁ HÁ 10 ANOS COMO SÍNDICO DO CONDOMÍNIO. COMO SE RENOVAR POR TANTO TEMPO?

Basta não inventar. O síndico tem que conhecer o que vai administrar, conhecer o prédio, conhecer os moradores. Conhecendo o prédio, você já sai ganhando em pelo menos 50% em relação à manutenção, seja corretiva ou preventiva. Aí os problemas são menores, as reclamações também, e fica mais fácil executar o planejamento. E todos que dependem do condomínio têm que saber dessa importância.

INCLUSIVE OS FORNECEDORES?

Exatamente. Eu enumero algumas ações como muito importantes para a administração do condomínio: elaboração do orçamento anual mais próximo possível da realidade; formação de equipe de colaboradores com comprometimento das suas funções; atenção à manutenção preventiva, pois assim diminuiremos as ações corretivas; e a seleção e manutenção de prestadores de serviços como parceiros, comprometidos com os serviços contratados.

E A RELAÇÃO COM OS CONDÔMINOS E EMPREGADOS? COMO FICA?

O síndico não pode ser autoritário, tem que ser humilde. O síndico precisa dar exemplo, se ele não cumpre, como vai cobrar a aplicação das normas? Aqui tem muito diálogo, fazemos as pessoas entenderem a importância e necessidade de cada ação, não podemos deixar nenhuma margem de dúvida para os outros condôminos. Se tiver algum problema, tem que resolver logo. Tem que existir uma relação de humildade e cordialidade, onde todos se respeitam e sabem de suas tarefas, funções e obrigações.

E ESSA INTEGRAÇÃO ENVOLVE A COMUNIDADE.

Estamos sempre presentes às reuniões organizadas pela Associação de Moradores da Praia da Costa. O condomínio não pode se isolar, resolver do portão pra dentro. Tem que buscar socializar com os outros condomínios as ações que estão dando certo, temos que buscar melhorias para o nosso bairro. Por isso fazemos questão de contribuir para a discussão de melhoria de vida em toda a comunidade.

QUAIS AÇÕES OU RESULTADOS MAIS SE DESTACAM NESSES 10 ANOS?

Durante todo esse período nunca foi lançada uma cota extra. Outro ponto que considero muito importante é que os condôminos tem a responsabilidade de poder pagar a taxa do condomínio em dia. Hoje temos 100% dos condôminos adimplentes. Nunca foi necessária a cobrança da taxa de forma judicial, e também não registramos nesse período ações trabalhistas ou atrasos de pagamentos. Temos um controle financeiro muito grande, e isso contribui para que a gente possa manter esses números.

QUAIS AS PRÓXIMAS AÇÕES DO CONDOMÍNIO?

Atualmente estamos em fase de conclusão da pintura das garagens, e em breve começaremos a reforma da quadra poliesportiva, que precisa de reparos. Em médio prazo realizaremos a manutenção corretiva da fachada do edifício. E como falei anteriormente, sempre olhando todo o prédio, para que as manutenções preventivas prevaleçam.

Veja a edição completa do informativo: Versão PDF InfoSIPCES Março – Abril 2015

Facebook Comments
Voltar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: