ÁGUA. Vamos economizar. É simples!

9 de Fevereiro de 2015

Durante muitos anos a região Nordeste do Brasil foi castigada pela seca. Nos últimos meses temos visto que a situação dos problemas hídricos do País ficou maior, e a situação mais crítica desse novo cenário se concentra no Estado brasileiro mais rico e industrializado: São Paulo. Há dias acompanhamos a discussão de ações que possam minimizar essa situação.

Mas esse quadro de emergência crítica também atingiu o Espírito Santo. A falta de chuva há vários dias, somada às ações humanas e a falta de políticas públicas de preservação e recuperação de áreas degradadas são os pontos responsáveis pela situação calamitosa e quase catastrófica que vivenciamos atualmente. Somos todos responsáveis, em maior ou menor grau, e compete a cada um fazer a sua parte.

O Sindicato Patronal de Condomínios do Estado do Espírito Santo (SIPCES) tem recomendado a todos os síndicos e administradoras de condomínios que adotem medidas que contribuam para que o desperdício de água seja evitado em seu máximo. Mais do que isso, orienta que os condôminos reflitam sobre a necessidade urgente que essa crise nos coloca e que os condomínios possam abrigar ações de responsabilidade com nossos bens naturais de forma contínua, e não apenas enquanto durar essa fase.

No município de Serra, por exemplo, foi publicado um decreto que autoriza a fiscalização por agentes das secretarias de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Urbano, que também irão verificar o desperdício de água. Algo muito parecido com o decreto publicado em Vila Velha (veja matéria sobre reunião de lançamento dos decretos). A diferença é que na Serra ainda não foi estabelecido o valor da multa, que depende de um projeto de lei que ainda será enviado à Câmara.

Na capital, Vitória, uma lei para proibir o desperdício também deverá ser feita pela prefeitura, e será discutida durante as reuniões do Gabinete de Gestão Integrada Ambiental. Já em Cariacica há uma lei que permite a fiscalização de desperdício de água, e ainda não está definido, mas existe a possibilidade das multas serem enviadas junto com a conta de água.

VEJA TAMBÉM

REPORTAGEM: Quem desperdiçar água será multado em Vila Velha

DICAS DE ECONOMIA – ÁGUA

Acesse a Versão PDF InfoSIPCES Janeiro – Fevereiro 2015

Facebook Comments
Voltar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: