As férias chegaram. E agora?

23 de dezembro de 2014

Uma coisa é certa: nas férias o seu condomínio não será o mesmo. Ou porque muitos moradores optam por viajar e deixam aquela sensação de que o condomínio está praticamente vazio, ou recebem visitantes que transformam o seu prédio num verdadeiro clube. A única coisa que não muda é uma só: os cuidados a serem tomados pelo síndico e condôminos não são poucos.

É nas férias que as áreas de lazer ficam cheias de crianças e adolescentes, deixando quadras, piscinas e playgrounds lotados na maior parte do dia. E a manutenção desses espaços tem que estar em dia.

Afinal, não somente apenas pela segurança de todos, mas o síndico pode ser responsabilizado em caso de acidentes, caso o fato tenha ocorrido por omissão ou negligência do condomínio.

Por isso é muito importante checar com frequência o estado físico dos brinquedos disponibilizados pelo condomínio, para ter a garantia de que todos estejam em boas condições para serem utilizados e não venham a provocar nenhum contratempo durante as férias.

Alguns condomínios, preocupados com a segurança, adotaram medidas que vão desde a identificação que determina a qual faixa etária o brinquedo se destina, passando pela utilização de superfícies que absorvem os impactos durante as quedas, em baixo e ao redor de alguns brinquedos.

ALERTA LIGADO

Mas não é somente à segurança nos brinquedos que todos devem estar atentos não. Estamos chegando a uma época do ano que é comum o registro de assaltos e arrombamentos em condomínios, e para evitar que os prédios sofram ações de invasores, todos podem tomar algumas atitudes a fim de evitar esse problema. Ações que vão muito além das precauções básicas, como certificar-se que todas as portas e janelas estão travadas.

O Sindicato Patronal de Condomínios (SIPCES) recomenda que os moradores deixem as chaves e o telefone de contato com algum parente ou amigo próximo, de preferência alguém que não more no mesmo local, e que avise um vizinho de confiança sobre a sua ausência.

Evite que os empregados do condomínio saibam detalhes de sua saída e retorno. Outro ponto que merece ser observado é quanto ao cancelamento da entrega de jornais e revistas durante o período em que você estiver ausente.

Para Cyro Bach Monteiro, presidente do SIPCES, o papel do síndico e das administradoras de condomínio é fundamental para a segurança dos moradores. “O síndico deve ajudar na conscientização dos condôminos sobre as situações de risco que aumentam de forma considerável nesse período. Teste o funcionamento dos sistemas de segurança e alarme, e evite dar férias aos empregados nesse período, para que o quadro não fique desfalcado”, orienta Monteiro.

Vale ressaltar que todos devem ficar muito atento às garagens, ponto mais vulnerável do condomínio e por onde acontece a maioria das invasões. Afinal, com a possibilidade de muitos visitantes, fica difícil para porteiros e zeladores reconhecerem todos durante o período. Por isso, redobre a atenção e acompanhe toda a movimentação do prédio.

PISCINAS EXIGEM MAIOR ATENÇÃO.

Local preferido de crianças e adultos durante o verão, as piscinas exigem uma atenção mais do que especial. Esse é um dos ambientes mais perigosos, principalmente para as crianças, e justamente por parecer segura.

Isso mesmo. O fato de não ter onda ou buracos e estar dentro de nossa residência nos dá uma falsa sensação de que tudo está ao nosso controle, mas não é bem assim.

Muitas crianças possuem como brincadeira preferida pular da beira da piscina para dentro da água. Mesmo que já se conheça a profundidade da piscina, deve-se ter o cuidado e observar se nenhum objeto foi esquecido no fundo ou ainda se não há nenhuma outra pessoa nadando no local. E procure sempre observar a queda do nível da água, para não se enganar na hora do salto.

Também é muito importante que o banhista respeite as suas próprias limitações, nadando apenas em local que se sinta confortável e de fácil ajuda, caso precise. Nada de querer mostrar ser o grande campeão da natação.

Além desses ainda há muitos outros detalhes que devem ser observados, como os ralos de sucção, boias utilizadas, acesso pela escada. Então a dica é ficar atento a tudo, e a todo instante. De resto é se divertir e curtir o verão e a família.

Acesse a versão completa do informativo: Versão PDF InfoSIPCES Novembro – Dezembro 2014

Facebook Comments
Voltar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: